Quem

Página

Resumo

cropped-selfie_embu.jpgSou doutoranda e mestre em Educação, Arte e História da Cultura pelo Mackenzie; bacharel em Artes Visuais pela Belas Artes; licenciada em Artes Visuais pela Faculdade Mozarteum; e especialista em História da arte: teoria e crítica pela Belas Artes.

Tenho alguns livros e artigos publicados.

Fui editora do Aguarrás (ISSN 1980-7767) e da Next Brasil (ISSN 1679-7922). Atualmente sou editora da Uva Limão.

 

Percurso

Publiquei meu primeiro artigo ainda muito menina, em 1984, sobre a morte, nos Cadernos de Psicanálise, da Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro. Minha primeira experiência em conselho editorial foi em 1989, com a participação como assistente editorial do jornal Outras Palavras, publicado pela Terceira Margem Editora, no Rio de Janeiro. Fui também assistente editorial dos livros Intimidade (CDD 809.93353) e Sedução (CDD 808.80357), da mesma editora, em anos seguintes.

No meio do caminho, trabalhei com multimídia no Laboratorium/PUC-RJ e na IBM Brasil, numa época anterior à internet gráfica. Depois, migrei para webdesign. Trabalhei muito tempo com design e ilustração.

Em 1996 participei, junto com a minha mãe (Elvira Vigna), da exposição Dimensões do tempo no Planetário da Gávea (RJ). Em 2011 participei de uma exposição coletiva na galeria Garcia, daqui de São Paulo, com várias aquarelas de grande porte. Em 2014, participei de uma coletiva na Belas Artes, com uma encáustica sobre madeira. Em 2016, como parte integrante e conclusiva do mestrado, fiz a a exposição individual Moinhos de vento, no Epicentro Cultural (SP). Em 2017, fiz a exposição individual Não me depilei para isso, no Museu da Imagem e do Som (Campinas, SP).

De 2006 a 2013, mantive uma coluna sobre arte, ilustração e design na Revista Wide, para onde eu também ilustrava ocasionalmente.

Desde 2010 ilustro semanalmente para o Vida Breve (sim, semanalmente, você leu certo). Desde 2017 comecei também a escrever crônicas, também semanais.

Desde o final de 2009 tenho ilustrado para o jornal literário Rascunho. Em 2014 comecei a colaborar também com críticas para o Rabisco, seu caderno infanto-juvenil.

Tenho inglês fluente; leio decentemente em francês e espanhol; alemão básico.